Expressão Escrita: produção de um texto dramático

Gil Vicente denunciou os defeitos da sociedade do seu tempo, seguindo a máxima ridendo castigat mores – a rir se corrigem os costumes. Nas suas peças, há uma crítica mordaz aos erros mais grosseiros das pessoas do seu tempo, a todas, sobretudo às das classes superiores.

Na sociedade de hoje, embora diferente, poderás encontrar outros tipos sociais com afinidades muito próximas das apresentadas pelo Mestre da corte de D. Manuel e de D. João III.

Desafio-te, pois, a escreveres tu próprio um texto dramático (com número de personagens à tua escolha), cujo tema seja a crítica social a uma ou várias dessas classes profissionais.

O texto deverá ter os símbolos cénicos que acompanham a(s) personagem(ns), argumentos de acusação e de defesa, vários tipos de cómico (não te esqueças que é uma comédia!) e uma linguagem adequada a cada personagem. Não te esqueças das didascálias

Se quiseres, poderás optar por redigir um texto narrativo com o mesmo tema, mas que privilegie o diálogo entre personagens.

Tem em atenção os seguintes aspetos: apresentação formal, ortografia, acentuação, pontuação, a frase/parágrafo, a sintaxe e a originalidade/criatividade.

Põe a tua imaginação a funcionar e… Bom trabalho!

Autor: António Alves

Professor de Português

3 thoughts on “Expressão Escrita: produção de um texto dramático”

comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s